quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Molho de tomate



Estou pensando seriamente em mudar meus posts do outro blog que era para ser colaborativo com a Taís Sakura, de experimentos culinários. Isso porque eu sempre esqueço de tirar foto das coisas que invento fazer, principalmente o processo e acaba ficando uma coisa sem upload. A idéia é como nos meus trabalhos aqui, só postarei aquilo que eu fizer, de preferência relatando passo a passo o que deu certo ou não. Então pra começar, vou colocar o molho de tomate que fiz esses dias, desde o tomate, seguindo o livro do Jamie Oliver (aliás, ótimo livro). Daí a receita do macarrão caseiro também vocês podem acompanhar num outro post mais antigo, que irei importar para cá também. E vou adicionar uma dica nova, acho que existem "mãos mágicas" para tudo, e venho descobrindo que a minha não serve para sovar massas, principalmente de macarrão. Já fiz massa caseira várias vezes, e se há algo que eu mudei e deu certo dessa vez, foi o uso de luvas de silicone. Ainda seguindo o conselho da Vanessa de adicionar farinha apenas aos poucos, e usando uma luva, o processo foi muito mais rápido e a massa ficou ótima logo. Provavelmente algo da minha mão não se dá bem com a massa e se esse for o caso de alguém aí, sugiro usar luva, corta uns 20 minutos sofridos.

Mas vamos ao que interessa, os Ingredientes eu adaptei conforme segue:

- 1 dente grande de alho bem picado: usei esses já picados de potinho,
- 2 colheres de sopa de óleo de oliva (na verdade vai umas 4 no total),
- 1 pimenta chilli pequena, seca e esmigalhada:como eu não tinha, tasquei aquelas pimentas igual de mesa de restaurante,
- 2 colheres de chá de orégano seco,
- 3 latas 400g de tomate italiano: bem eu comprei uns 2 kg* de tomate normal, longa vida, de preferência uns que tavam com cara de apodrecer em 1 a 2 dias. Achei que a sacola não ia aguentar e foi um peso, me arrependi de não pegar uma cesta, a fila estava demorada...
- 1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto: usei qualquer vinagre default lá de casa, acho que era de maçã,
- 1 punhado de manjericão/ manjerona: parece que era pra ser fresco mas usei manjericão seco mesmo.
- pimenta do reino moída na hora: é claro que usei a já moída default de casa que é a pimenta branca ainda

* Vocês devem ter reparado que o chute é de uns 1200 gramas de tomate e eu usei 2 kg. Então eu dei uma chutada e aumentei o resto também, acertando todas as medidas pelo mais ou menos do que estava escrito. Mas ficou muito bom, principalmente a pimenta deu uma acentuada inesperada no sabor.

Modo de Preparo:
- Primeiro diz para refogar o alho e orégano em 2 a 3 colheres óleo de azeite de oliva extravirgem, adicionar o chilli e os tomates. Assim, sem líquido nem nada mais, apenas com a dica para não quebrar os tomates que se quebrasse o molho amarguraria. Mas considerando que os "meus tomates longa vida" deveriam estar umas etapas antes de "tomates italianos enlatados", decidi primeiro descascar pelo método de queimar a casca** e então depois de encaixar os tomates na panela, fiquei tomando cuidado para ver se não iria queimar. A panela teve que ser enorme, porque não era para cortar ou quebrar os tomates e cuidando ele não queimou. Aos poucos começou a soltar líquido e se assentar na panela e também não precisou ficar mexendo. Deixa 1 hora assim, no fogo brando até "fervilhar". Na verdade eu só vi "fervilhar" depois disso, quando depois de 1 hora eu comecei a esmagar aos poucos os tomates. Ajusta o sabor com os outros ingredientes menos 2 a 3 colheres do seu melhor óleo de oliva extravirgem, que esse é o toque final.
O engraçado que a princípio a cor do molho parecia fraca
depois de misturar tudo e a cada mexida e reolhada, ele já mudava de cara, ficando na cor esperada. Também não precisei bater no liquidificador e coar, etc, o molho chegou naturalmente a esse estado.

**É um método bem legal em que você passa uma marca de corte em x na bunda do tomate, incisões bem leves mesmo. Espeta no garfo o lado do talo e segura sob a boca do fogão até que o fogo faça com que a casca se envergue e saia por conta. Então você volta sob a pia e descasca na mão mesmo, como se fosse tirar uma camada de durex de outra superfície. Se não conseguir tirar tudo, volta no fogo com a casca que sobrou. Não precisa chegar a mergulhar no fogo.


Infelizmente, só lembrei de tirar foto do prato feito. Seria legal se tivesse tirado da descascagem do tomate, da quantidade que era muito tomate e o tomate se desfazendo na panela.... uma pena mesmo. Ah enão sei porque bolas essa foto que eu configurei como "pequena" está desse tamanho!

Nenhum comentário: